domingo, 13 de maio de 2007

Praticamente acabou!!!

É amigas,

O Dia das Mães praticamente acabou!!! Tentei deixar uma mensagem aqui para vocês, para todas as mamães, mas não deu tempo. A correria para ir à São Paulo foi grande e como eu iria dirigindo, não queria ir tarde. Puxa...fui dirigindo outra vez para sampa!!! E pensar que há 2 meses eu sequer tirava o carro da garagem, passava mal só de pensar!!! Fiquei feliz e estou gostando muito da sensação de independência e de liberdade que dirigir está me proporcionando! Antes eu precisava ficar esperando o André poder me levar, ou me buscar. Vcs não imaginam a sensação boa que experimentei sexta-feira quando fiz compras e fui do mercado direto para a escola buscar meus tesouros! Foi muito bom!!! Benditos florais!!!

E falando neles, acho que esta semana vou me socorrer deles novamente! Sabe, nunca fiquei deprê na época do Dia das Mães, mas este ano não consegui evitar! Hoje fiquei bem até certo horário, depois fiquei triste, senti vontade de chorar, de vir embora. Estava tudo tão bom, mas eu não queria ficar lá no almoço. Acho que ninguém percebeu, felizmente!!! Minha mãe estava muito feliz e isso é o que importa!!! Se não me engano este é o primeiro Dia das Mães em 15 anos que não a vejo chorar, que a vejo tão feliz!!! Só por isso já valeu, mas para mim estava faltando alguém!!! Aquele trechinho e da música 'Sem Você' não me saía da cabeça, já, há dias...'tô louca pra te ver chegar, tô louca para te ter nas mãos, deitar no teu abraço, retomar o pedaço que falta no meu coração'...
Não gosto de me sentir assim triste, vendo a vida cinza e isso tem acontecido muito mais do que eu gostaria.

A mídia mexeu muito comigo este ano! A insistência em vincular maternidade com procriação este ano me incomodou muito!!! Dia das Mães é sinônimo de barrigão, como se isso contasse alguma coisa para a verdadeira maternidade!!! Talvez isso tenha acontecido porque me envolvi muito com o assunto este ano e não vi resultado nenhum!

Bom, mas também fiquei muito feliz! Incrível a capacidade das mães de ficarem felizes e tristes ao mesmo tempo!!! As crianças fizeram presentes na escola, cartõezinhos na casa da vovó com muita tinta e sujeira...rsrs...estavam felizes, davam beijos e diziam que me amavam o tempo todo!!! Levantaram hoje prometendo que íam obedecer e que ficariam bonzinhos e cumpriram...ahaha...porque às vezes eles até tentam, mas não conseguem!!!
Eu só tenho motivos para agradecer neste sentido!!! Falo sempre para eles que Deus foi muito generoso comigo e me deu muito mais do que eu pedi e ousei sonhar!!! Eles são maravilhosos e muito especiais!!!

Bom, mesmo estando no finalzinho o nosso dia, gostaria de falar o seguinte:

Às mães que esperam, tenham fé que no momento de Deus nossos filhos vão chegar;
Às mães que já estão com seus filhos, ame-os com todo o coração e dêem o principal a eles: carinho, atenção, ouvidos, paciência, limite e disciplina!!!
Às mães que têm seus filhos longe a trabalho ou a estudo, que as saudades sejam breves até que eles voltem;
Às mães que têm seus filhos já nos braços de Deus, fé e força, porque a distância e o tempo não acabam com o amor! Este é eterno!
E especialmente às mães que tiveram seus filhos levados pelas mãos da violência urbana, muita fé na Providência Divina, porque esta nunca falha!

Que Deus nos abençoe a todas, mães que geraram e mães que maternaram, nos dê força e sabedoria para encaminharmos bem nossos filhos para a vida!!!!

Cláu

6 comentários:

  1. Amiga, comentar o quê? Seu post, pra mim é sem Comentários! Compreendo perfeitamente o seu vazio pois é o meu velho companheiro e falar que seus filhos são tudo de bom, é chover no molhado. Bj grande com carinho e boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Silvana, Matheus e Lauraterça-feira, 15 maio, 2007

    Oi amiga, fiquei super feliz com sua visitinha no meu blog.
    Vou linkar vc lá.
    Eu entendo perfeitamente estes momentos de tristeza, isto acontece com todo mundo, não é só com você.
    Mas nada como um dia atrás do outro, vamos vencendo os obstáculos e logo tudo será o passado.
    Estamos na torcida, para que no próximo post, já esteja melhor viu!
    Bjos e tenham uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  3. Sandra, Ana Laura e Carolina Vitoriaquarta-feira, 16 maio, 2007

    Oi querida,
    Que tratamento é esse? Sabe que depois que eu sofri um acidente de moto, há 9 anos atras, nunca mais consegui dirigir. Só de pensar, entro em panico.
    Qto ao seu dias das mães, vc precisa pensar que esse foi o último sem, quem esta faltando, era assim que eu pensava em cada dias das mães que passei sem meus tesouros. Isso alivia a dor.
    Estou na torcida para que sua familia cresça o mais rápido possível.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Clau querida
    Eu entendo este momentos de deprê... sabe que nos últimos dias eu ando assim também. Estou com problemas no trabalho e aí a culpa de chegar em casa estressada e cansada e não puder curtir meu filho aumenta mais ainda... Se é posso lhe dar conselhos (rsrsrs): quando tiver assim, faça como eu, mentalize os filhos ma-ra-vi-lho-sos que vc tem em casa e mande esta tristeza embora com mala e cuia...
    Fiquei feliz por vc voltar a dirigir com tanta tranquilidade! ai que inveja...E para São Paulo?????!!!! Já tomei uns dois litros de florais e nada... Vou tentar não parar o tratamento e quem sabe, dá certo!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. como que eu não sabia da existência desse blog?
    ainda bem que tá no começo e eu pude ler os 3 posts.
    agora virei sempre aqui, tá?!
    :o* e parabéns!
    adorei o teu canto e é muito bom poder estar mais próxima de vc, de sua vida, por aqui, viu?!
    :o* e bom findi :-)

    ResponderExcluir
  6. Valéria Leandrodomingo, 20 maio, 2007

    oi minha amiguinha...
    também fiquei incomodada com as propagandas relacionando a maternidade com barrigões... mas, tentei não pensar nisso, porque somos tão mães quanto as mamães de barrigões!
    Grande abraço pra vc, saudades..........
    Valéria

    ResponderExcluir

Já que você chegou até aqui, por favor deixe seu recadinho. Sua visita foi muito importante e seu recadinho nos deixa ainda mais feliz! :)